Home

red1
Os aedos eram cantores profissionais da civilização grega antiga. Não se conhecem com exactidão as suas funções, embora apareçam na Ilíada e na Odisseia (Fémio, Démodoco) enquanto cantores dos feitos dos deuses e dos heróis. Tudo indica, embora imprecisamente, que seriam, eles próprios compositores e improvisadores ao som da música da harpa (phorminx) e da cítara (kitharis). Aprendiam, como Orfeu, a sua arte directamente das musas.

O que fundamentalmente distingue os rapsodos dos aedos é que não lhes cabe qualquer papel na criação ou na improvisação. São recitadores (e já não cantores) de obras alheias, difundindo-as e assegurando a sua posteridade. Deslocavam-se de terra em terra e participavam em festivais, cujos regulamentos (por exemplo, obrigatoriedade de um rapsodo continuar a recitação a partir do ponto em que o anterior se interrompia) ajudaram decisivamente a fixação do texto dos Poemas Homéricos. Deles existem diversas representações gravadas em vasos.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s