Home

armory show

Célebre exposição inaugurada em Nova Iorque em Fevereiro de 1913, onde as principais correntes do modernismo europeu (e americano), com execepção dos futuristas, se apresentaram pela primeira vez ao público americano, com considerável êxito. A exposição transitou depois para Chicago, em Março, e para Boston, em Abril. A exposição teve enorme impacto quer nos artistas, quer no público norte-americano. A exposição deveu o seu nome ao facto de ter sido realizada nas instalações que tinham pertencido ao 69th Regiment Armory, em Lexington Avenue.

Entre as muitas dezenas de artistas representados estavam, por exemplo, Archipenko, Bonnard, Bourdelle, Brancusi, Braque, Mary Cassatt, Cézanne, Puvis de Chavannes, Courbet, Daumier, Degas, Robert Delaunay, Marcel Duchamp, Jacob Epstein, Gauguin, Othon Friesz, van Gogh, Edward Hopper, Kandinsky, Kirchner, Walt Kuhn, Léger, Maioll, Matisse, Munch, Picabia, Picasso, Rouault, Vlaminck, etc. O pintor português Amadeo de Souza-Cardozo foi o único artista de língua portuguesa representado na exposição, exibindo oito pinturas.

Realiza-se, no mesmo local, desde 1994, um evento artístico anual com o mesmo nome, que homenageia a exposição de 1913.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s