Home

O nome Vaticano terá tido origem no termo latino vaticinari, relacionado com o local onde já os adivinhos etruscos prediziam o futuro. No século I a. C., quando o apóstolo Pedro foi enterrado no Vaticano, este tornou-se um lugar sagrado para toda a cristandade.
Inicialmente, os Estados Pontifícios eram formados pelos territórios doados por Pepino, o Breve e depois por seu filho, Carlos Magno, que constituíam o «património de Pedro». Aí, os papas eram investidos de poder temporal, verdadeiros chefes de Estado, considerados pelo povo como seus protectores.
Em 781, o imperador bizantino reconheceu os Estados Pontifícios ao fazer a paz com o papa, mas dificuldades diversas perturbaram o seu governo, sobretudo as lutas entre o Império e o Papado, que haveriam de culminar no Grande Cisma do Ocidente, que dividiu interiormente a cristandade ocidental de 1378 a 1417, devido ao problema de saber quem seria o papa legítimo. No início do século XVII, os Estados Pontifícios compreendiam a faixa da península Itálica desde a costa tirrena (Etrúria e províncias romanas) até à costa adriática (de Ancona a Ferrara) passando por Perúsia e Spoleto. Fortemente centralizada pela administração de Sisto V (1585-1590), apoiada por uma sólida fiscalidade, a monarquia romana permaneceu intacta até à Revolução. Mas, em 1791, foram anexados Avinhão e o condado veneziano e, posteriormente, os Legados (1797), sendo finalmente abolido o poder temporal (1798). Napoleão integrá-los-á (1809) no seu império. Em 1815, o Congresso de Viena restaurou o domínio pontifício, onde as sementes revolucionárias não tardariam a germinar, pois algumas regiões viram nos Estados da Igreja um entrave à unidade italiana. A crise culminou no pontificado de Pio IX (1846-1878), a quem Vítor Manuel II desapossou dos Estados Pontifícios, fazendo da Itália um só reino e de Roma a sua capital (1861-1870). Assim, em 1870 todos estes territórios foram integrados no reino de Itália, com excepção do Vaticano, da Basílica de S. João de Latrão e Castel Gandolfo. Nos termos do Tratado de Latrão (1929), que pôs termo à Questão Romana – conflito entre a Santa Sé e a Itália, devido à anexação por esta dos Estados Pontifícios e à tomada de Roma em 1870 –, a Cidade do Vaticano – com uma área de 0,44 km2 – foi reconhecida como Estado soberano.

Lista dos Papas
Página oficial do Vaticano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s