Home

PWVW036.Cranberry

Poeta latino, natural da Hispania. Protegido por gente endinheirada, lamentou com frequência a falta de um verdadeiro Mecenas. Apesar disso, teve residência própria no Quirinal e uma villa em Nomentum, cidade da Sabina. Foi tribuno militar honorário e teve a categoria social de cavaleiro. Após décadas de vida agitada em Roma, regressou à terra natal, na Hispania Tarraconensis (na actual região de Saragoça), acabando por morrer com a nostalgia do bulício da capital do Império. Após o Spectaculorum liber, em que comemorou a inauguração do Coliseu por Tito, escreveu catorze livros de Epigrammata. Observador atento e minucioso, imprimiu ironia ao epigrama que, com ele e a partir dele, adquiriu maior variedade de conteúdo e perfeição formal, ao mesmo tempo que se apurava em concisão. Cronista da vida de Roma, de pessoas e de coisas, desde o palácio imperial à populaça das ruas da cidade, ocupando-se dos pequenos episódios do quotidiano, incluindo os de natureza sexual, tornados um tema literário recorrente.

Bílbilis, c. 40 – c. 104

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s