Home

VOAH025.Pomegranate

Andrei Friedmann de seu verdadeiro nome, foi um fotógrafo de origem húngara que, expulso do país natal anos por razões políticas, foi estudar para a Alemanha como estudante, país onde a fotografia surgiu na sua vida como meio de ganhar a vida. O seu primeiro trabalho data de 1932: a cobertura de uma visita de Trotski a Copenhaga. Com a ascensão do nazismo sai da Alemanha, indo para Paris. A sua reputação como repórter de guerra estabelece-se em Espanha, para onde foi enviado no início da Guerra Civil. Durante a II Guerra Mundial, ao serviço da revista Life, Robert Capa esteve presente em todos os teatros de operações — África, Sicília, Itália e nas praias da Normandia, durante o desembarque aliado. Em 1947, fundou, com outros fotógrafos, entre os quais Henri Cartier-Bresson, a agência Magnum, ponto de referência essencial do fotojornalismo, de que Robert Capa foi um dos maiores expoentes. Depois de, em 1948, registar imagens da guerra na Palestina, partiu para a Indochina, em 1954, em nova missão de reportagem para a Life, aí morrendo vitimado por uma mina. O seu irmão Cornell também foi fotógrafo.

Budapeste, 1913 – Thai Binh, Vietname, 1954

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s