Home

55046-16

Poeta americano de ascendência italiana, cujo interesse pelo surrealismo, nascido da observação da pintura de Dalí e Miró, o levou, durante a II Guerra Mundial, a ir para Nova Iorque de modo a conhecer os artistas surrealistas, então exilados naquela cidade, começando a publicar na revista VVV, de André Breton. Em 1946 publicou o seu primeiro livro de poemas, Erotic Poems. Lamantia participou nos meetings e leituras públicas que aureolam os poetas da costa oeste do início da década de 60, sendo patente a sua influência sobre os escritores da Beat Generation. Experimentou as drogas, vindo depois a renunciar a elas publicamente, negando a sua importância no processo criativo.

Algumas obras
Narcotica (1959)
Ekstasis (1959)
Destroyed Works (1962)
Touch of the Marvelous (1966)
Selected Poems (1967)
The Blood of the Air (1970)
Becoming Visible (1981)
Meadowlark West (1986)
Bed of Sphinxes: New and Selected Poems, 1943-1993 (1997).

São Francisco, 1927 – 2005

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s