Home

LVW04GardenFresh

A Retórica, que constituiu na Antiguidade, uma arte e uma ciência, e que, durante muito tempo, foi disciplina estudada nas universidades, diz respeito à ordenação e condução do discurso de forma a obter um determinado efeito, recorrendo a um conjunto de recursos (tropos, ou figuras de pensamento, figuras do discurso e os jogos fonéticos).
A retórica teve particular importância na oratória, onde a eloquência, não se bastando a si própria, era estrategicamente orientada para a obtenção de um pretendido efeito persuasivo.
Com o Romantismo, a artificialidade da retórica e a sua engenharia de pompa e circunstância, foi substituída por uma retórica da sinceridade e da espontaneidade (que, por isso, pretendia ser uma anti-retórica) e, a partir daí, foi progressivamente designando, numa acepção corrente, um discurso vazio e ineficaz – e o próprio termo ganhou uma conotação pejorativa.
Contudo, a retórica — uma certa retórica — estará sempre presente no discurso de quem fala ou de quem escreve.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s